Páginas

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Avaliacao e Feedback em 360º



Avaliação e Feedback em 360º é um método que permite ao profissional ser avaliado e receber feedback de uma rede formada por clientes, fornecedores, chefe, subordinados e pares. Mais do que uma avaliação quantitativa, baseada em números e resultados, este método, traz para cada avaliado a possibilidade de receber por escrito feedback de todos os seus avaliadores, e obter também informações qualitativas.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Quem tem direito ao Auxilio acompanhante ou Acréscimo de 25%?



Veja como você poderá pedir o benefício de acréscimo de 25% no seu benefício no INSS. Entenda quem tem direito e como ter acesso ao benefício.



Veja mais também no site: http://www.dicasincriveis.com/beneficios/2017/08/03/auxilio-acompanhante-ou-acrescimo-de-acompanhante/

Aposentadoria Especial do Eletricista



Veja mais sobre:

aposentadoria especial eletricista após 1997

aposentadoria especial eletricista 2017

aposentadoria especial eletricista jurisprudencia

aposentadoria especial eletricista stf

aposentadoria especial eletricista de autos

aposentadoria especial eletricista stf 2016

aposentadoria especial eletricista enquadramento

aposentadoria especial eletricidade acima de 250 volts

aposentadoria especial eletricidade antes de 1997

aposentadoria especial eletricista 25 anos

aposentadoria especial agente eletricidade

aposentadoria especial de eletricista



Acesse: http://www.dicasincriveis.com/aposentadoria-especial

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Como evitar problemas ao ajudar outros ?

Não se envolva demais com problemas dos outros.


Poucos conselhos podem te ajudar a evitar dor de cabeça gratuita como o acima.

Não é o caso de você se tornar uma pessoa egoísta e não fazer mais nada para auxiliar o próximo, não é o caso de você só pensar em si mesmo e não ajudar mais ninguém. O mundo não precisa de mais uma pessoa egoísta, já tem egoístas de sobra por aí. Precisamos mesmo é de pessoas que se interessem pelos outros e que queiram ajudar. O grande problema não é ajudar ao próximo. O problema é se envolver DEMAIS com os problemas dos outros.

Mas como saber quando é demais ? Veja algumas considerações  que podem ajudá-lo a saber quando ajudar alguém já está passando dos limites, lendo o artigo Não se envolva demais com problemas dos outros

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Lista de Verbos Irregulares para Concurso Público

Tabela de verbos irregulares

InfinitivoPassado simplesParticípio passadoSignificado
to arisearosearisenerguer, levantar
to awakeawokeawokenacordar, despertar
to bewas / werebeenser, estar, ficar
to bearborebornesuportar, aguentar
to beatbeatbeatenbater, espancar, superar, vibrar, palpitar
to becomebecamebecometornar-se
to beginbeganbeguncomeçar, iniciar
to bendbentbentcurvar, entortar, franzir, dirigir, desistir
to betbetbetapostar
to bidbadebiddenoferecer, convidar, ordenar, desejar, leiloar
to bindboundboundatar, amarrar, obrigar
to bitebitbittenmorder, engolir a isca
to bleedbledbledsangrar, perder sangue;
to blowblewblownsoprar, assobiar, fazer soar
to breakbrokebrokenquebrar, romper, violar
to breedbredbredprocriar, gerar, fazer criação, educar, ensinar
to bringbroughtbroughttrazer, servir, causar, executar, induzir
to buildbuiltbuiltconstruir, edificar, fabricar
to burnburntburntqueimar, incendiar, carbonizar
to burstburstburstarrebentar, explodir, brotar, exclamar
to buyboughtbougthcomprar
to castcastcastarremessar, jogar, derrubar, moldar
to catchcaughtcaughtpegar, capturar, entender, adquirir
to choosechosechosenescolher, selecionar, preferir
to clingclungclungpegar-se, unir-se, aderir
to clotheclothedclothedvestir, cobrir
to comecamecomevir, chegar
to costcostcostcustar
to creepcreptcreptengatinhar, arrastar-se no chão, andar de rasto
to crowcrewcrowedcacarejar
to cutcutcutcortar, partir, reduzir, recortar, castrar
to dealdealtdealtdar, distribuir, repartir, dividir, espalhar, negociar
to digdugdugcavar, escavar
to dodiddonefazer
to drawdrewdrawndesenhar, extrair, sair
to drinkdrankdrunkbeber
to drivedrovedrivendirigir, guiar
to dwelldweltdweltresidir, ficar por um tempo, enfatizar, insistir em
to eatateeatencomer
to fallfellfallencair, desaguar, abater-se, decrescer, diminuir
to feedfedfedalimentar, nutrir
to feelfeltfeltsentir, notar
to fightfoughtfoughtlutar, brigar
to findfoundfoundachar, encontrar
to fleefledfledfugir, escapar, evitar, correr
to flingflungflunglançar, arremessar
to flyflewflownvoar
to forbidforbadeforbiddenproibir
to forgetforgotforgottenesquecer(-se)
to forgiveforgaveforgivenperdoar
to forsakeforsookforsakenabandonar, desertar, largar; abrir mão de
to freezefrozefrozencongelar, gelar
to getgotgotobter, conseguir
to givegavegivendar
to gowentgoneir
to growgrewgrowncrescer, florescer, germinar
to hanghunghungpendurar, suspender
to havehadhadter, possuir
to hearheardheardouvir, escutar, ter notícias
to heavehovehovepuxar
to hewhewedhewnreduzir, talhar
to hidehidhiddenesconder(-se), ocultar
to hithithitbater, chocar-se
to holdheldheldsegurar, agarrar
to hurthurthurtferir(-se), machucar
to keepkeptkeptmanter, conservar, preservar
to kneelkneltkneltajoelhar-se
to knitknitknittricotar
to knowknewknownsaber, conhecer
to laylaidlaidpôr, colocar, derrubar, deitar
to leadledledconduzir, liderar, dirigir, comandar
to leapleaptleaptsaltar, pular, transportar, cobrir (os animais)
to learnlearntlearntaprender, ficar sabendo
to leaveleftleftpartir, deixar, sair
to lendlentlentemprestar
to letletletpermitir, deixar
to lielaylaindeitar, jazer
to lightlitlitacender, iluminar
to loselostlostperder
to makemademadefazer, criar, elaborar
to meanmeantmeantsignificar, querer dizer
to meetmetmetencontrar(-se), reunir(-se)
to partakepartookpartakenparticipar
to paypaidpaidpagar
to putputputpôr, colocar
to quitquitquitdesistir, abandonar
to readreadreadler, interpretar
to rideroderiddencavalgar, andar de bibicleta ou carro
to ringrangrungsoar, tocar (campainha, telefone)
to riseroserisenerguer-se, levantar-se
to runranruncorrer, apressar-se
to sawsawedsawnserrar
to saysaidsaiddizer, afirmar, declarar
to seesawseenver, perceber
to seeksoughtsoughtprocurar, pedir, almejar
to sellsoldsoldvender
to sendsentsentenviar, mandar
to setsetsetpôr, dispor, ajustar
to sewsewedsewncosturar, coser
to shakeshookshakensacudir, agitar, apertar a mão (em cumprimento)
to shedshedshedderramar, vazar
to shineshoneshonebrilhar
to shootshotshotatirar, ferir com tiro
to showshowedshownmostrar, apresentar
to shredshredshredcortar em pedaços, picar, retalhar, rasgar
to shrinkshrankshrunkcontrair, encolher, recuar
to shutshutshutfechar, cerrar; tampar
to singsangsungcantar
to sinksanksunkafundar
to sitsatsatsentar(-se)
to slayslewslainmatar, assassinar, destruir, arruinar
to sleepsleptsleptdormir
to slideslidslidescorregar, deslizar
to slingslungslungatirar, arremessar
to smellsmeltsmeltcheirar
to smitesmotesmittenbater, espancar
to sowsowedsownsemear
to speakspokespokenfalar
to spellspeltspeltsoletrar
to spendspentspentgastar (dinheiro), passar (tempo)
to spillspiltspiltderramar
to spinspunspungirar
to spitspatspitcuspir
to spoilspoiltspoiltestragar, destruir
to spreadspreadspreadespalhar, estender
to springsprangsprungsaltar, lançar-se, libertar-se
to standstoodstoodficar ou pôr-se de pé
to stealstolestolenroubar, furtar
to stickstuckstuckcravar, fincar
to stingstungstungpicar, ferroar
to stinkstankstunkfeder; enojar
to strewstrewedstrewnespalhar, polvilhar, aspergir
to stridestrodestriddencaminhar, cavalgar
to strikestruckstruckbater, golpear
to stringstrungstrungamarrar, pendurar, enfiar, esticar
to strivestrovestrivenaspirar, tentar, esforçar-se
to swearsworeswornjurar
to sweatsweatsweatsuar
to sweepsweptsweptvarrer
to swellswelledswolleninchar (-se), crescer, encher (os pneus)
to swimswamswumnadar
to swingswungswungbalançar
to taketooktakentomar, pegar, levar
to teachtaughttaughtensinar
to teartoretornchorar, lacrimejar; rasgar, rachar
to telltoldtolddizer, contar
to thinkthoughtthoughtpensar, achar
to thrivethrovethriventer sucesso
to throwthrewthrownlançar, atirar
to thrustthrustthrustempurrar
to treadtrodtroddenpisar, andar, pôr os pés
to understandunderstoodunderstoodentender, compreender
to wakewokewokenacordar
to wearworewornvestir, usar, trajar
to weavewovewoventecer, trançar
to weepweptweptchorar
to wetwetwetmolhar, umedecer
to winwonwonganhar, vencer
to windwoundwoundgirar, enrolar-se
to wringwrungwrungtorcer

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

UM HOMEM DE CONSCIÊNCIA

UM HOMEM DE CONSCIÊNCIA

  1.      Chamava-se João Teodoro, só. O mais pacato e modesto dos homens. Honestíssimo e lealíssimo, com um defeito apenas: não dar o mínimo valor a si próprio. Para João Teodoro, a coisa de menos importância no mundo era João Teodoro.
  2.      Nunca fora nada na vida, nem admitia a hipótese de vir a ser alguma coisa. E por muito tempo não quis nem sequer o que todos queriam: mudar-se para terra melhor.
  3.      Mas João Teodoro acompanhava com aperto de coração o desaparecimento visível de sua Itaoca.
  4.      – Isto já foi muito melhor, dizia consigo. Já teve três médicos bem bons – agora só um, e bem ruinzote. Já teve seis advogados e hoje mal dá serviço para um rábula ordinário como o Tenório. Nem circo de cavalinhos bate mais por aqui. A gente que presta se muda. Fica o restolho. Decididamente, a minha Itaoca está se acabando…
  5.      João Teodoro entrou a incubar a ideia de também mudar-se, mas para isso necessitava dum fato qualquer que o convencesse de maneira absoluta de que Itaoca não tinha mesmo conserto ou arranjo possível.
  6.      – É isso, deliberou lá por dentro. Quando eu verificar que tudo está perdido, que Itaoca não vale mais nada de nada de nada, então eu arrumo a trouxa e boto-me fora daqui.
  7.      Um dia aconteceu a grande novidade: a nomeação de João Teodoro para delegado. Nosso homem recebeu a notícia como se fosse uma porretada no crânio. Delegado, ele! Ele que não era nada, nunca fora nada, não queria ser nada, não se julgava capaz de nada…
  8.      Ser delegado numa cidadezinha daquelas é coisa seríssima. Não há cargo mais importante. É o homem que prende os outros, que solta, que manda dar sovas, que vai à capital falar com o governo. Uma coisa colossal ser delegado – e estava ele, João Teodoro, de-le-ga-do de Itaoca!
  9.      João Teodoro caiu em meditação profunda. Passou a noite em claro, pensando e arrumando as malas. Pela madrugada, botou-as num burro, montou no seu cavalinho magro e partiu.
  10.      Antes de deixar a cidade, foi visto por um amigo madrugador.
  11.      – Que é isso, João? Para onde se atira tão cedo, assim de armas e bagagens?
  12.      – Vou-me embora, respondeu o retirante. Verifiquei que Itaoca chegou mesmo ao fim.
  13.      – Mas como? Agora que você está delegado?
  14.      – Justamente por isso. Terra em que João Teodoro chega a delegado, eu não moro. Adeus.
  15.      E sumiu.

(Monteiro Lobato, CIDADES MORTAS. 12a Edição. São Paulo,   Editora Brasiliense, 1965)

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Assimetria de Informações ou Informações Enganosas

A grande quantidade de informações mentirosas propagada pela mídia, muitas por jornalistas que não entendem Direito Previdenciário ou mesmo a real situação fiscal do país, tem prejudicado as discussões acerca de qualquer reforma séria da Previdência Social. Isto porque, de um lado, muitos dizem que a previdência social é deficitária, informação descaradamente mentirosa. Atualmente, cerca de 30% dos recursos que deveriam ser destinados à Previdência Social são destinados a outras áreas, principalmente as de interesse dos políticos. Depois temos o fato de que muitas empresas, sonegam e não pagam o que devem à Previdência e são beneficiadas pela morosidade da cobrança. Essa imensa quantidade de informações enganosas tendem a prejudicar qualquer debate sério já que a mídia, muitas vezes comprada com dinheiro público e de banqueiros a quem interessa alterações na distribuição dos recursos que hoje deveriam ser destinados à Previdência, não colabora trazendo a real situação das finanças públicas e a situação real da Previdência Social.

Inicialmente o Governo tira o dinheiro da Previdência por meio de um mecanismo de Desvinculação das Receitas da União para depois dizer que ela está deficitária. Ou seja, se ela é tão deficitária como o Governo diz por que tirar dinheiro dela para usar em outras áreas ????

Infelizmente, se tudo continuar indo como está, os maiores perdedores serão os trabalhadores.

Para saber mais veja o texto abaixo extraído do site do Senado:

A Desvinculação de Receitas da União (DRU) é um mecanismo que permite ao governo federal usar livremente 20% de todos os tributos federais vinculados por lei a fundos ou despesas. A principal fonte de recursos da DRU são as contribuições sociais, que respondem a cerca de 90% do montante desvinculado.

Criada em 1994 com o nome de Fundo Social de Emergência (FSE), essa desvinculação foi instituída para estabilizar a economia logo após o Plano Real. No ano 2000, o nome foi trocado para Desvinculação de Receitas da União.

Na prática, permite que o governo aplique os recursos destinados a áreas como educação, saúde e previdência social em qualquer despesa considerada prioritária e na formação de superávit primário. A DRU também possibilita o manejo de recursos para o pagamento de juros da dívida pública.

Prorrogada diversas vezes, a DRU está em vigor até 31 de dezembro de 2015. Em julho, o governo federal enviou ao Congresso Nacional a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 87/2015, estendendo novamente o instrumento até 2023.

A PEC aumenta de 20% para 30% a alíquota de desvinculação sobre a receita de contribuições sociais e econômicas, fundos constitucionais e compensações financeiras pela utilização de recursos hídricos para geração de energia elétrica e de outros recursos minerais. Por outro lado, impostos federais, como o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e o Imposto de Renda (IR), não poderão mais ser desvinculados.

Fonte: http://www12.senado.leg.br/noticias/entenda-o-assunto/dru

Dicas Incríveis